Perfil

Vida Extra

O silêncio também é amigo do ambiente

Complexo Belas Clube de Campo no concelho de Sintra investe 1 milhão de euros a substituír máquinas de manutenção do golfe e jardins para terem menos ruído e gerarem menores emissões de carbono

D.R.

Reduzir a emissão de gases poluentes e proporcionar um ambiente mais silencioso, foi o objetivo do Belas Clube de Campo ao investir cerca de 1 milhão de euros em máquinas de nova geração para assegurar a manutenção do campo do golfe e espaços verdes do empreendimento no concelho de Sintra.

“Estamos a mudar todo o nosso equipamento, optando por soluções mais sustentáveis, eficientes e silenciosas, algo que muito preservamos no Belas Clube de Campo”, refere Gilberto Jordan, CEO do grupo André Jordan, detentor do Belas Clube de Campo, frisando que “a sustentabilidade é algo que está presente em todas as áreas onde atuamos, pelo que estamos sempre a inovar e a introduzir novas soluções em prol de um ambiente mais sustentável”.

Com este objetivo, foram adquiridas pelo Belas Clube de Campo 34 máquinas para a manutenção do campo de golfe e dos espaços verdes, designadamente para corte de greens e fairways, tratores, corta-mato ou corta-relvas, além destroçadores, pulverizadores e aspiradores de folhas e seis veículos utilitários, totalizando um investimento de cerca de 1 milhão de euros..

As novas máquinas funcionam com "motores diesel eficientes, híbridos e elétricos silenciosos", permitindo "realizar trabalhos com uma maior capacidade, qualidade, e segurança, reduzindo quer o consumo de combustíveis quer os níveis de ruído" e sendo "material de elevada qualidade, de marcas de referência onde se destaca a Toro, Jacobsen, Husqvarna, Stihll, Cushman", segundo explica o Belas Clube de Campo.

A iniciativa de manter espaços verdes no empreendimento com tecnologia mais silenciosa "está a ser fomentada junto de residentes e empresas de manutenção de espaços verdes", enquadrando-se ainda nos princípios da ‘Lisboa Capital Verde Europeia 2020’, de forma a "contribuir para uma comunidade mais amiga do ambiente, algo que está no DNA do grupo André Jordan”, frisam ainda os responsáveis do empreendimento.