Perfil

Vida Extra

As nossas dunas. E as dunas dos outros

O que diferencia as dunas dum país das de outro é o modo como o homem agiu nelas e como age agora

Guta Moura Guedes

Este meu Verão foi passado em duas zonas de dunas no litoral. Uma em França e outra em Portugal. Nos dois sítios é o ecossistema próprio das dunas que imprime toda a diferença a quem lá vive ou passa lá só uns dias, mudando a forma como se relacionam com o espaço. As dunas formam-se a partir de quatro elementos apenas: areia seca, vento, uma superfície de deposição e um obstáculo. São tão simples como isto e têm uma característica surpreendente: movem-se. A melhor forma, se não a única, de as fixar é através da plantação de vegetação e de uma manutenção inteligente do delicado equilíbrio de todo o sistema.

As dunas portuguesas não são muito diferentes das dunas da costa francesa, o que difere substantivamente é o modo como o homem agiu nestes territó­rios e como age agora. Ou seja, o que foi construído, como e onde. Como são os espaços públicos e as regras de uso dos mesmos, quais os serviços, como é organizada a mobilidade...

Para ler o artigo na íntegra clique AQUI.