Perfil

Vida Extra

Jardins e parques do Porto ganham prémio internacional 'Green Flag'

O Parque da Cidade, o maior parque urbano do país, e o Jardim do Passeio Alegre, em conjunto com o Jardim Botânico do Porto, foram distinguidos com o galardão 'Green Flag' (bandeira verde), passando a integrar o grupo de 2.096 espaços verdes que possuem este reconhecimento a nível mundial

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

O Parque da Cidade e o Jardim do Passeio Alegre foram distinguidos com o galardão "Green Flag", passando a integrar o grupo de 2.096 espaços verdes que possuem este reconhecimento a nível mundial. Os dois espaços verdes são os primeiros a obter o título em Portugal, em conjunto com o Jardim Botânico do Porto.

Com este reconhecimento a nível mundial, o Porto ganha o estatuto de estar associado ao prestigiado prémio “Green Flag' que estabelece os mais elevados padrões de exigência a seguir na gestão e manutenção de parques e jardins. Este título é atribuído anualmente pelo Ministério da Habitação, Comunidades e Governo Local do Reino Unido e pela Organização Não Governamental Keep Britain Tidy.

À semelhança da bandeira azul conferida às praias, o prémio Bandeira Verde' proporciona às comunidades um sentimento de orgulho cívico, tanto pela regeneração de uma área como pela melhoria em termos de saúde e educação, limpeza geral do espaço público e o prestígio associado.

Filipe Araújo, vice-presidente da Câmara Municipal do Porto, adianta que o Porto pretende continuar “a desenhar-se de verde”, orientado não só por critérios e preocupações ambientais, sem descurar os novos desafios de gestão e as expectativas da comunidade. “Este prémio internacional representa o reconhecimento do esforço e dedicação efetuados na construção e conservação dos espaços verdes municipais mais emblemáticos da cidade”, afirma o vereador com o pelouro das áreas de Inovação e Ambiente.

Além de Portugal, celebram este ano a atribuição do pémio 'Green Flag' países como Austrália, Bélgica, Reino Unido, Finlândia, Alemanha, México, Holanda, Nova Zelândia, Escócia e Suécia. Em comunicado, Carl McClean, gestor de Desenvolvimento Internacional do Green Flag Award, sublinha ser uma satisfação celebrar mais um ano recorde para o Green Flag Award, com mais bandeiras verdes. “Cada bandeira homenageia os milhares de funcionários e voluntários que trabalham incansavelmente para manter os altos padrões exigidos pelo Prémio Green Flag Award. Estamos orgulhosos de ter tantos espaços verdes maravilhosos ao redor do mundo para as pessoas aproveitarem”, conclui.