Perfil

Vida Extra

Sobe a temperatura, mas com aguaceiros — sugestões para uma Páscoa à chuva

O fim de semana de Páscoa vai ser de aguaceiros no Continente, com uma subida gradual da temperatura até sábado e ligeira descida nos dias seguintes

David Marcu / Unsplash

O fim de semana de Páscoa vai ser de aguaceiros no Continente, com uma subida gradual da temperatura até sábado e ligeira descida nos dias seguintes, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Num comunicado com a previsão para a Páscoa, o IPMA avisou que entre quinta e segunda-feira “o estado do tempo será influenciado por uma região depressionária, inicialmente sobre Portugal continental e com deslocamento gradual para sueste, posicionando-se sobre o arquipélago das Baleares, dando origem à ocorrência de aguaceiros.”

No sábado e no domingo, “a incerteza da previsão aumenta devido à posição da depressão, embora a tendência indique que se estabeleça gradualmente uma corrente de nordeste e a probabilidade de ocorrência de precipitação diminua nestes dias.” O vento será do quadrante norte, por vezes forte de nordeste nas terras altas.

Quanto à temperatura, prevê-se uma subida gradual, em especial da máxima, até sábado, com uma ligeira descida nos dias seguintes. A temperatura máxima, no sábado e no domingo, irá variar entre 23 e 27°C nas regiões Norte e interior Centro e entre 20 e 23°C nas restantes regiões. A temperatura mínima, na quinta e na sexta-feira, irá variar entre os 9 e os 12°C no litoral e entre os 5 e os 10°C no interior, onde irá aumentar nos dias seguintes podendo atingir os 10/11°C.

Com um cenário destes, o Vida Extra reuniu ideias de jogos e filmes “quentinhos” para aproveitar em casa, no cinema, no teatro ou em museus.

Cinema

JIA ZHANG-KE, UM HOMEM DE FENYANG

De Walter Salles

Cinema Trindade, Porto, várias sessões

Neste documentário sobre Jia Zhang-Ke, Walter Salles visita o grande cineasta chinês na sua cidade natal, Fenyang, e convida o autor de “Plataforma”, “Still Life — Natureza Morta” e “As Cinzas Brancas Mais Puras” a regressar aos locais onde filmou desde o final dos anos 90.

QUERIDO DIÁRIO

De Nanni Moretti

Cinemateca, Lisboa, segunda, 15h30

Moretti circula por Roma na sua Vespa e insurge-se contra a transformação da cidade no primeiro dos três capítulos de “Querido Diário”, onde também presta homenagem a Pasolini. É um retrato da Itália dos anos 90 e um dos seus filmes mais populares.

O NORTE

De Gregory Nava

Cinemateca, Lisboa, terça, 18h30

Depois de um massacre perpetrado pelo exército do seu país, um casal de camponeses guatemaltecos emigra para Los Angeles, onde tenta refazer a vida. Primeira exibição na Cinemateca desta obra realizada nos anos 80.

JOGOS DE TABULEIRO

1. ORAL

Foi a grande novidade do final deste ano e são muitos os que ainda não conhecem, pelo que a novidade da Majora pode ser o jogo de que está à procura. O melhor é deixar claro que este é apenas para maiores de idade — ideal para uma noite com amigos que preferiram o conforto caseiro a uma noite mais agitada na rua ou numa discoteca —, pelo que não é aconselhável com crianças por perto. O party game, como os criadores o descrevem, "coloca os participantes em 200 situações extremas e tomadas de decisão embaraçosas" e pode ser jogado por três a oito pessoas em simultâneo.

2. SCRABBLE

Parece mentira, mas é mesmo verdade. O Scrabble já fez 70 anos — mesmo que tenha tido várias vidas antes de se tornar no popular jogo de tabuleiro que hoje é vendido em todo o mundo — e continua a proporcionar muitas horas de diversão para os amantes das palavras.

3. MONOPÓLIO CHEATER - EDIÇÃO BATOTEIROS

O Monopólio também não está propriamente na categoria 'Novidades', e não há ninguém que não tenha tido um primo sempre disponível para ser o banqueiro de serviço, que entre um e outro empréstimo da banca, guardava sempre “juros” pelos serviços prestados. As trapaças universalizaram-se ao mesmo ritmo que o próprio jogo, de tal forma que surgiu entretanto uma edição feita propositadamente para elas. Não é só legalizar a batota, é torná-la a regra número um e o objetivo principal é... não ser apanhado. Aqui a Banca é de todos e o dinheiro nunca é verdadeiramente de ninguém.

Em breve, vai poder também experimentar a versão que aí vem de Monopólio do Rei Leão.

Hasbro

4. CLUEDO HARRY POTTER

Parece um tipo de Cluedo muito específico, mas é democrático o suficiente para que mesmo pessoas que nunca leram a saga Harry Potter (e podem aproveitar o fim de semana frio para o fazer) consigam jogar. O Cluedo é um jogo que nasce e cresce à volta de um mistério, um desaparecimento que precisa de ser explicado pelos jogadores-detetives. No caso, trata-se de um sumiço em Hogwarts, a escola dos três estarolas, Harry, Ron, Hermione, o que não é especialmente surpreendente - estamos a falar de uma escola de magia -, mas tem contornos difíceis de explicar: que feitiço foi utilizado? E que objeto? Em que parte da escola tudo aconteceu? E, claro, quem está por trás do mistério?

5. TRIVIAL PURSUIT - EDIÇÃO FAMÍLIA

Se há jogo que nunca falha, e que ocupa constantemente as preferências de pais, filhos, primos, tios e avós, é o Trivial Pursuit. Se todo ele já parece pensado para todas as idades e preferências, a verdade é que os níveis de dificuldade são bastante variáveis, e isso a Edição Família resolve, dividindo as cartas por cores. O amarelo é para os mais novos, o azul para os mais velhos e com mais obrigações de conhecimento, da geografia à arte, às ciências ou ao lazer.

6. SPOILERS

Há algum tempo, especialmente desde o advento do streaming, que o amigo spoiler se tornou uma das espécies a evitar na estrada da vida. É gente incapaz de guardar segredos, de manter para si até a mais insignificante das notícias, e que aqui tem uma oportunidade de fazer uso dessa espécie de talento (chamemos-lhe assim). A cada nova carta, um novo filme, com uma pergunta e três respostas possíveis - a ideia é que o rei do spoiler não tenha o instinto apurado. Todos os jogadores são chamados três vezes a vestir o papel e quem tiver mais respostas certas no final das três rondas, obviamente, ganha.

7. EXIT: MORTE NO EXPRESSO DO ORIENTE

Mais uma vez, o ponto de partida é uma morte, da qual é preciso tirar uma conclusão antes que o comboio rumo a Oriente chega ao destino final, Constantinopla. É um desafio ao melhor estilo escape room (os jogos que ganharam popularidade também no mundo real), que obriga os jogadores a ser astutos o suficiente para distinguir qual dos oito suspeitos a bordo é o verdadeiro culpado da “perda de consciência” do detetive Achiles Pussot. Uma mistura de emoção e competitividade, não isenta de mistério, indispensável à boa convivência.

Teatro

Romeu e Julieta

A tragédia “Romeu e Julieta”, escrita no século XVI por William Shakespeare, trata a história do amor proibido de dois adolescentes de famílias rivais — os Montecchio e os Capuleto — com uma longa história de disputas.

A estreia, no dia 17 de abril, foi solidária, com toda a receita a reverter a favor de um hospital na cidade da Beira, Moçambique, recentemente atingida, e destruída, pelo ciclone Idai. O espetáculo que agora chega ao palco promete uma versão fiel do original do dramaturgo inglês. Vai estar em cena de 17 de abril a 9 de junho, de quarta a sábado às 21h e domingos às 16h30, na Sala Carmen Dolores do Teatro da Trindade INATEL, em Lisboa.

Exposições

<span class="creditofoto">foto Álvaro Lapa /L.C.Caldas e P. Cintra</span>

FOTO ÁLVARO LAPA /L.C.CALDAS E P. CINTRA

STUDIOLO XXI — DESENHO E AFINIDADES

Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida, Évora, até 29 de setembro

Uma mostra com curadoria de Fátima Lambert que junta mais de 180 artistas em torno das relações que a prática do desenho estabelece com outras possibilidades artísticas como a escultura, o vídeo ou a performance. Simultaneamente, apresenta-se ainda uma individual de Maria Lino, artista portuguesa de percurso alemão cujo trabalho problematiza relações com o lugar e a natureza.

SAUDADE DE PEDRA

Jorge Guerra

Arquivo Fotográfico Municipal, Lisboa, até 29 de junho

Exposição de um histórico fotógrafo português reúne cerca de 100 fotografias a preto e branco captadas entre 1966 e 1967 em Lisboa que são o resultado de um olhar humanista sobre a população e a arquitetura.

DRAWING BOY

Diogo Pimentão

Galeria Cristina Guerra, Lisboa, até 4 de maio

Diogo Pimentão apresenta um conjunto de trabalhos em suportes diversos (esculturas desenhadas, vídeo, instalação) que encontram um denominador comum na importância dada aos vestígios de ações e movimentos físicos que tendem a ligar corpos e gestos.

Televisão

MARIA MADALENA

TVCine 1, Domingo, 21h30

Centrada numa das figuras mais enigmáticas e incompreendidas da Bíblia, a biografia é protagonizada por Rooney Mara e realizada por Garth Davis.

SPECIAL

Netflix, em streaming (Temporada 1)

Baseada numa história verídica, a série centra-se num homem gay com paralisia cerebral que decide mudar o rumo da sua vida.

TURNO DA NOITE

AXN White, estreia terça, 21h20 (Temporada 1)

Drama médico, que acompanha uma equipa que trabalha no serviço de urgências do San Antonio Memorial Hospital.

ESCOLA DE SOBREVIVÊNCIA

Netflix, em streaming (Temporada 1)

Série interativa de Bear Grylls convida os telespectadores a decidirem o rumo da história.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.