Perfil

Vida Extra

Novo episódio de Vida Extra em streaming: Jantares com video mapping e a floresta Laurissilva da Madeira

Novo episódio de Vida Extra em streaming: Jantares com video mapping e a floresta Laurissilva da Madeira

A floresta Laurissilva é um dos maiores atrativos turísticos da ilha da Madeira, mas há mais neste Vida Extra para conhecer. Veja o mais recente episódio de Vida Extra, exibido aos sábados no Jornal da Noite da SIC

Novo episódio de Vida Extra em streaming: Jantares com video mapping e a floresta Laurissilva da Madeira

A floresta Laurissilva é um dos maiores atrativos turísticos da ilha da Madeira, mas há mais neste Vida Extra para conhecer. Veja o mais recente episódio de Vida Extra, exibido aos sábados no Jornal da Noite da SIC

Considerada pela Unesco como Património Mundial Natural, ocupa uma área global de quase 15 mil hectares. A ilha está repleta de percursos pela natureza. Caminhar pelas levadas é uma experiência única. E as opções são muitas e para todos os gostos. No total existem 2500 km de levadas e muitas delas percorrem a floresta Laurissilva. Só precisa ter espírito aventureiro para sair do Funchal rumo às montanhas.

Mas para quem não aprecia caminhadas pode optar por percorrer a ilha de jeep. A equipa do Vida Extra aventurou-se na levada do cedro, um dos trilhos que leva cerca de 3 horas a ser percorrido.

Mas há mais neste Vida Extra para conhecer.

Há novas experiências gastronómicas em Lisboa que apelam a todos os sentidos. Jantares com video mapping e projeções 3D. O conceito internacional da Dinner Time Story já chegou a Portugal. E é no restaurante Pintas, em Lisboa, que o espetáculo acontece.

A única coisa que se vê sobre a mesa são livros no lugar dos pratos. Assim que se abrem, começa a história propriamente dita com o anfitrião "Le Petit Chef”, o chef mais pequeno do mundo, guiando os convidados pela rota de Marco Polo, o lendário do explorador veneziano do século XIII. Cada um dos destinos, além de ser projetado sobre a mesa é acompanhado de música e som. E assim vai surgindo o menu composto por seis pratos.

É também na capital que decorrem os jantares às escuras. O local é secreto, a refeição é servida por pessoas cegas e os participantes não podem ver o que comem. Uma experiência sensorial apoiada pela Associação Promotora de Emprego de Deficientes Visuais.

Uma parceria SIC /Expresso.

A carregar...