Perfil

Vida Extra

Vem aí um hotel espacial que parece um cruzeiro e é capaz de simular a gravidade

O objetivo da The Gateway Foundation é tornar as viagens ao espaço “acessíveis para todos”

The Gateway Foundation

Não é absurda a ideia de que uma viagem ao espaço só está ao alcance dos super ricos. Assim tem sido até agora e assim será nos próximos anos, confirma Tim Alatorre, responsável pelo design da Estação Espacial Von Braun, o projeto de hotel espacial que está planeado para 2025. Porém, o objetivo da empresa da qual faz parte, a The Gateway Foundation, é tornar essas “viagens espaciais possíveis para todos”. E o primeiro passo está prestes a ser dado.

O projeto está desenhado e prevê uma estética menos futurista e também ela mais acessível: o hotel espacial parece-se mais com um cruzeiro, incluindo a parte dos restaurantes, bares, concertos e espetáculos de vária ordem. A ideia pode soar estranho se pensarmos que no espaço a gravidade não existe, mas essa é outra das novidades da Estação Espacial Von Braun — ele simula a gravidade, utilizando uma tecnologia que acaba por diminuir algum eventual desconforto dos turistas.

The Gateway Foundation

O design vai buscar inspiração às viagens por mar e aos anos 50, aproveitando ainda uma série de materiais naturais, como a madeira. Tudo para aumentar o conforto e diminuir a sensação de “exclusividade”. Ainda assim, não há por enquanto previsões de quanto custará uma estadia no hotel, que só estará disponível em 2025. O objetivo da Gateway Foundation é receber 100 pessoas por semana.

O nome do hotel foi dado em homenagem à controversa figura de Wernher von Braun, engenheiro aeroespacial que se filiou e trabalhou para o partido nazi na Alemanha e que depois foi membro da direção do Marshall Space Flight Center, da NASA.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.