Perfil

Vida Extra

“Hay una costa portuguesa que todavía no conoces.” Condé Nast Traveler rende-se a Torres Vedras

Torres Vedras está a ficar cada vez mais conhecida pela beleza e diversidade da sua costa selvagem

Divulgacao

Torres Vedras já tinham ficado nas bocas da Europa quando, em 2018, foi eleita a Cidade Europeia dos Vinhos: uma localidade ainda pouco conhecida que ganhou destaque pela qualidade dos seus vinhos e gastronomia. E, como se isso não fosse já motivo suficiente para a visitar, esta cidade do distrito de Lisboa está de novo a ser redescoberta pelo exterior pela sua qualidade mais natural e antiga: a costa selvagem.

Instagram

O site espanhol Condé Nast Traveler destaca esta quarta-feira que este tesouro escondido português não fica nada a dever a destinos como o Algarve ou a Comporta, e dá desde logo as boas vindas ao “paraíso natural” que é Torres Vedras; destaca-lhe as praias de areia branca que se estendem pelos 20km da costa - quatro delas com bandeira azul - e estão rodeadas por montanhas e outras zonas verdes. De toda esta dimensão, destaca-se o Penedo do Guincho, na praia Formosa (um nome bastante certeiro): a rocha erosada pelo mar tem 30m de comprimento e 100m de circunferência e que é visitável em dias de maré baixa.

Instagram

São mais do que razões para Torres Vedras se ter tornado uma meca do surf e outros desportos aquáticos em Portugal, tendo sido em Santa Cruz uma das etapas do World Surf League 2018. Mas todo este desporto não lhe tira poesia: também à beira-mar temos o Passeio dos Poetas, um trajeto lindíssimo em homenagem a três poetas que visitaram a cidade e apaixonaram-se de tal forma que já não conseguiram deixá-la (Antero de Quental, Kazuo Dan e João de Barros).

Areias do Seixo é um dos alojamentos em destaque

Areias do Seixo é um dos alojamentos em destaque

Divulgação

Mais a norte temos ainda a praia de Porto Novo, uma baía onde vai desaguar o rio Alcabrichel, um local de importância histórica por ter sido ali que as tropas britânicas desembarcaram em 1908 para ajudar a pôr fim à Primeira Invasão Francesa. As praias do Seixo e da Mexilhoeira estão a apenas cinco minutos de carro. E há hotéis na zona que primam pela eficiência energética, pelas energias renováveis e o uso de recursos naturais — como é o caso do Noah Surf House e do Areias do Seixo. O que faz todo o sentido, porque são mesmo os seus recursos naturais o melhor que Torres Vedras tem para oferecer. Estes e muitos outros - para todos os gostos - são um destino de lazer imperdível que cada vez mais é reconhecido pela sua beleza.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.