Perfil

Vida Extra

Silêncio que se vai andar na Serra de Sintra

O Parque Natural Sintra-Cascais está cheio de percursos pedestres. Santuário da Peninha e Bosque do Silêncio são pontos obrigatórios

Pedro Lima

Pedro Lima

Editor-adjunto

D.R.

Diz a lenda que há muito, muito tempo, no reinado de Dom João III (que durou de 1521 a 1557), Nossa Senhora apareceu a uma pastorinha muda e muito pobre. Na sequência desta aparição, a pastorinha começou a falar e foi dizer à sua mãe que havia pão na arca lá de casa. E de facto agora já havia, o que fez deste um duplo milagre: a pastorinha ganhou voz; e logo para dar uma boa notícia em tempos de fome, a de que tinha aparecido pão dentro da arca.

Embora haja outras versões desta mesma história, elas coincidem na aparição que deu origem ao culto de Nossa Senhora da Peninha. E desde então o local — a zona da Peninha, na Serra de Sintra —, passou a ser venerado pelas populações da região, o que levou à construção de uma ermida, que seria posteriormente reconstruída e reformulada, dando origem ao que é hoje o Santuário da Peninha, instalado nas rochas que caracterizam este local — um “caos de blocos” segundo a designação ‘técnica’ deste tipo de formações.

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.