Perfil

Vida Extra

Reformaram-se, venderam tudo e estão há cinco anos a viajar

Já visitaram mais de 80 países, incluindo Portugal. E não querem parar. São o casal “nómadas seniores” e têm sido notícia em todo o mundo

Debbie e Michael Campbel celebrando os 40 anos de união. Foto pessoal publicada no seu blogue

O que fazer com o tempo quando se está beira da reforma e se tem saúde? Por exemplo, tornar a vida numa grande “aventura”. Foi o que fizeram os norte-americanos Debbie e Michael Campbel, de 62 e 72 anos: o casal de Seattle, que há 40 anos partilha a aventura de uma vida conjugal, decidiram viajar depois de se reformarem. Venderam tudo e, em 2013, puseram-se à estrada.

Para isso, venderam tudo o que tinham, a casa, o carro, o barco, guardando os pertences que não transportam nas viagens num depósito. “A nossa casa passou a ser o sítio onde estamos e encontramos uma almofada para dormir”, ou seja saber escolher um bom Airbnb, e não ultrapassar o montante destinado para cada noite, dizem em uníssono, em frente à câmara, num video produzido pela BBC, assinado por Broke Jackson e Mitchell Pittman. A sua referência é 90 dólares por noite (80 euros ao câmbio atual).

Há cinco anos que percorrem mundo e, desde então, já estiveram em mais de 80 países. Entre eles, Portugal. Lisboa e Porto foram escolhidos como duas das cidades preferidas entre as muitas que visitaram, tendo Lisboa destaque no blogue “Senior Nomads”, que acompanha este casal de “globetrotters”, e onde vão partilhando as suas experiências e dando dicas de viagem a seniores como eles e a quem mais quiser aproveitar.

Michael Campbel em Lisboa, fotografia pessoal publicada no blogue

Michael Campbel em Lisboa, fotografia pessoal publicada no blogue

Ao longo destes anos, já deram entrevistas ou foram notícia em dezenas de órgãos de comunicação social; publicaram um livro, intitulado “Your Keys, Our Home” (à letra, “As suas chaves, o nosso lar”); e têm um registo de todas as cerca de 200 casas onde estiveram através do airbnb.

Lisboa foi um dos primeiros destinos que visitaram, no final de 2013, deixando a crónica da viagem no blogue. “Este país tem uma história fascinante e colorida para contar”, escreveram. Não morreram de amores pela gastronomia portuguesa, de resto gostaram muito da viagem, que incluiu passeios, compras, fado e jogos de futebol. Ficaram hospedados em Alfama. Em 2015 visitaram o Porto, mas não publicaram crónica. Como disseram ao El Pais a meio do percurso, “enquanto estivermos bem e tivermos dinheiro, vamos continuar”.

A carregar...