Perfil

Vida Extra

Pomada portuguesa Halibut eleita pelos consumidores para muda de fraldas

Pelo sétimo ano consecutivo, o creme protetor produzido nos laboratórios nacionais Medinfar foi eleito na Escolha do Consumidor 2020

Guillaume de Germain/Unsplash

O creme protetor Halibut Muda Fraldas, produzido nos laboratórios portugueses Medinfar, foi eleito pelo sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor 2020, na categoria cremes para a muda de fraldas, onde havia um total de 10 produtos nomeados.

Para os laboratórios Medinfar, que em 2020 celebram 50 anos, o sucesso aos olhos do consumidor deste "produto 100% português", foi mais uma vez destacado ao nível dos cuidados de bebé e "com uma nota global acima dos 80%" no âmbito da "Escolha do Consumidor 2020".

A marca Halibut é detida pela farmacêutica portuguesa desde 2009, altura em que a alemã Grunenthal a vendeu, decidiu desinvestir na marca. Lançada nos anos 50 pelos laboratórios espanhóis Andrómaco, a marca tinha o nome do peixe (em português, alabote) com óleos de fígado ricos em vitamina A e D, de propriedades cicatrizantes. Mas atualmente a pomada já não é feita à base de óleos de peixe.

O Halibut Muda Fraldas é um produto de extensão da marca já lançado pelo laboratório português, que também detém outras marcas conhecidas, como Oleoban, Trifene, ou Magnoral. Com sede na Venda Nova (Amadora), o grupo Medinfar tem ainda uma fábrica em Condeixa e uma filial em Marrocos, totalizando cerca de 400 colaboradores.

A “Escolha do Consumidor 2020” distingue as marcas, com base na sua performance em 2019, que na avaliação do consumidor tiveram maiores níveis de satisfação e aceitabilidade, a par de intenção de compra e recomendação a outros. Recorde-se que na "Escolha do Consumidor 2020" também foram distinguidos o Expresso e a SIC nas respetivas categorias.