Perfil

Vida Extra

Não quer perder pitada do que acontece no mundo da moda? Já há um motor de busca para o ajudar

Ao contrário do que parece, não, não está tudo inventado. Já há um motor de busca só dedicado à moda. O Tagwalk é um verdadeiro “Google da moda”.

Flaunter

Nesta nova plataforma, dedicada exclusivamente à indústria da moda, podemos procurar marcas, peças de roupa, tendências, cores, tecidos, estações e temporadas. Com um diretório de 2.800 palavras, só temos de introduzir palavras-chave para que o motor de busca nos dê a informação que procuramos.

Uma das coisas que faz com que esta plataforma de pesquisa se diferencie das outras é o facto de, através do Tagwalk, ser muito mais fácil encontrar uma qualquer peça de roupa sobre a qual tenhamos pouca informação (para que marca desfilou, em que passerelle desfilou...).

A ideia de criar o Tagwalk pertence a Alexandra Van Houtte, uma estilista francesa. O conceito pensado por Alexandra era o de uma enorme base de dados com o têxtil, calçado e complementos, digitalizada e minuciosamente classificada. Da base de dados fazem parte mais de 120 mil imagens.

As imagens começaram por ser etiquetadas e digitalizadas manualmente pela fundadora. Neste momento, é uma tarefa feita por um algoritmo de inteligência artificial — antes de ir para o site, cada imagem é revista por um dos membros da equipa.

O site não tem taxas de assinatura nem publicidade. O dinheiro é gerado através das vendas (o site permite a compra das peças de roupa através de links diretos para os sites das marcas) e da taxa mensal que cada empresa ou estilista paga para fazer parte da Tagwalk. A taxa é calculada de acordo com a visibilidade da marca — as marcas mais pequenas pagam cerca de 150€ e as maiores, com mais visibilidade, 450€ mensais.

Atualmente, a plataforma tem cerca de 25 mil visitantes mensais, mas a influência que é conseguida sobre os visitantes habituais é grande. Além de facilitar a vida de quem procura uma peça de roupa ou um par de sapatos, o site ajuda as marcas a perceberem o que é que as pessoas mais procuram.

De acordo com a Tagwalk, no ano passado, as três marcas mais procuradas em Nova York foram a Calvin Klein, Phillip Lim e Bottega Veneta. Em Londres, foram a JW Anderson, Erdem e Christopher Kane. Em Milão, a Gucci foi a mais procurada, seguida pela Dolce & Gabbana e Prada. Em Paris, a Dior, a Chanel e a Saint Laurent foram as mais pesquisadas no Tagwalk.

A startup tem sede em Paris.

Instagram

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.