Perfil

Vida Extra

Assim nascem as novas estrelas. Eis uma mão cheia de portugueses a brilhar no mundo da moda

Das modelos Maria Clara e Maria Miguel ao designer Luís Onofre e à dupla Marques’Almeida, cinco portugueses que estão a brilhar no mundo da moda

Há muito mais do que o nome a unir as duas Marias que seguem as pisadas de Sara Sampaio nas passerelles internacionais: foram ambas vencedoras do concurso de descoberta de talentos da agência L’Agence, o Go Top Model (Maria Clara em 2013, Maria Miguel em 2016), somam um Globo de Ouro de Melhor Modelo Feminino cada (Maria Clara em 2017, Maria Miguel em 2018) e, nesta temporada, brilharam novamente nos grandes palcos das capitais da moda: por exemplo, em Milão, Maria Clara desfilou pela oitava vez para a Dolce & Gabbana, e, em Paris, Maria Miguel repetiu presença na apresentação da Chanel no Grand Palais, ao lado de nomes como Monica Bellucci e Cara Delevigne.

O desfile da última coleção de Karl Lagerfeld para a maison francesa foi apenas um dos muitos pontos altos da temporada de luxo da jovem bracarense, de apenas 18 anos. Em Paris, voltou a ser escolhida pela Saint Laurent e pela Hermès, e estreou-se nas passerelles de Lanvin, Lacoste, Nini Ricci e Givenchy. Em Milão, esteve em sete desfiles, incluindo alguns dos principais nomes da moda italiana, como Max Mara, Salvatore Ferragamo, Roberto Cavalli, Versace e Missoni. E, em Nova Iorque, no início da temporada, integrara os shows de Tom Ford, Ralph Lauren, Oscar de La Renta, Carolina Herrera e Michael Kors.

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.

  • Roupa para usar e abusar

    Nova Iorque já mostrou o que vale, Londres também. Agora é a vez de Milão e Paris darem contas ao mundo sobre o que vamos vestir na próxima primavera/verão. A estação quente quer-se branca e combina calções muito curtos com calças largas e bem compridas

  • A it girl da geração Z

    Com as suas roupas largas, cores berrantes e logos XXL de marcas de luxo, a nova menina de ouro da pop subverte as regras de como uma artista feminina se deve apresentar. Mas em dezembro faz 18 anos e deixa o aviso: “Vou ser mulher. Quero mostrar o corpo”