Perfil

Vida Extra

Como é que se vai cortar o cabelo em 2019?

Curto, comprido, com ou sem franja. Ou à escovinha. Passamos os cabelos a pente fino

Maisie Storm Duff, de 33 anos, é inglesa e vive em Portugal há 22 anos. Desde cedo percebeu que a sua forma de arte seriam os cabelos — para cinema, teatro e moda. Tirou o curso no CEPAB, o Centro Europeu de Estética, indo depois para Londres, em Inglaterra, continuar os estudos na Academia Vidal Sassoon, ao mesmo tempo que “trabalhava num dos salões mais conceituados de Lisboa, onde tive a oportunidade de crescer e experimentar todas as vertentes da área, desde trabalho de salão, competições internacionais, moda ou cinema”, explica.

Rui Pedro Rodrigues tem 37 anos e é cabeleireiro, ou hairstylist, como se diz hoje, desde os 21. Tal como Maisie, também ele fez a formação no CEPAB, passou pela Vidal Sassoon e pela Toni & Guy, até se mudar para Barcelona, em Espanha, “onde estudei penteados”. Depois tornou-se responsável pelos cabelos nos desfiles do designer Valentim Quaresma, em várias edições da ModaLisboa, “o que me deu alguma visibilidade enquanto hairstylist. Fiz cabelos em produções televisivas e editoriais de moda e publicidade”, conta. Ambos trabalham no &SoWhat, um cabeleireiro no Chiado.

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.

A carregar...