Perfil

Vida Extra

Festival Nacional de Gastronomia: o melhor de Portugal à mesa em Santarém

A 39.ª edição do Festival Nacional de Gastronomia vai realizar-se de 24 de outubro a 3 de novembro, na Casa do Campino, em Santarém, com 12 tasquinhas típicas representativas de todo o país e cinco banquetes com chefes "conceituados"

Getty Images

O programa para os 11 dias do Festival Nacional de Gastronomia (FNG) foi apresentado esta segunda-feira na Quinta da Ribeirinha, em Santarém, num almoço preparado pelo chefe ribatejano Rodrigo Castelo, vencedor do concurso Troféu Portugal 2018 e que será responsável, juntamente com João Correia, por um dos cinco banquetes agendados para a edição deste ano.

O presidente do conselho de administração da empresa municipal Viver Santarém, João Leite, disse que ao longo de 11 dias "Portugal vai estar à mesa" em Santarém, com "o melhor da gastronomia nacional" a passar pelas 12 tasquinhas que representam municípios e regiões do continente e das ilhas.

O responsável pela organização, conjuntamente com a Câmara de Santarém, destacou os cinco "banquetes" que serão preparados por chefes com estrelas Michelin como Rui Paula (25 de outubro), Chakall (dia 26), Óscar Gonçalves (31), João Correia e Rodrigo Castelo (1 de novembro) e Justa Nobre (dia 2).

O FNG, que tem a parceria da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo e é produzido pela Essência do Vinho, apresenta este ano "dias temáticos" sobre "o vinho e a vinha", subtema do festival, relacionado com a temática da Feira Nacional da Agricultura, que se realizou em junho em Santarém.

Nesta iniciativa, os municípios convidados apresentarão nos respetivos dias -- Grândola (25 de outubro), Peso da Régua (26), Viseu (27), Lagoa (30), Palmela (31), Anadia (1 de novembro), turismo dos Açores (2) e Santarém (3) — repastos que incluam vinho, "dos mais tradicionais aos mais inovadores", dando a conhecer, além da gastronomia e do vinho dos seus territórios, a oferta turística.

João Leite afirmou que no próximo dia 28 será apresentado o Dia Nacional da Gastronomia 2020, evento que será celebrado em Santarém no último fim de semana de maio de 2020, irá marcar o arranque da celebração dos 40 anos do FNG.

"Serão dois dias em que será dado grande destaque a Santarém" e à sua relação com a gastronomia, disse, adiantando que o programa dos 40 anos do FNG, com eventos a decorrerem ao longo de todo o ano, será apresentado no início de 2020.

O FNG reserva um espaço para a doçaria tradicional e os agro produtos, com a presença de 27 expositores, e outro para o artesanato, com 31 artesãos, estando agendados momentos de animação com diversos grupos musicais e quatro "concertos intimistas", com Sebastião Antunes Trio (dia 25 de outubro), Jorge Palma (dia 26), João Chora (1 de novembro) e Três Bairros (dia 2).

Na inauguração, dia 24 de outubro, a Câmara de Santarém vai assinar um protocolo com a Confraria da Gastronomia do Ribatejo para a elaboração da Carta Gastronómica do Concelho, para preservar "a riqueza, diversidade e excelência do receituário tradicional" local.

O festival vai receber, dia 28, a primeira edição do Concurso Nacional de Cozinha Tradicional Portuguesa, promovido pela Qualifica/oriGIn Portugal, com o objetivo de motivar os produtores a "continuarem a respeitar os modos de produção, as receitas e o uso dos ingredientes genuínos que permitem manter a qualidade, a tipicidade e a diferença", bem como "divulgar os genuínos produtos tradicionais portugueses" e possibilitar o aparecimento de novos produtos à base de matérias-primas locais ou nacionais.

No dia 29 realiza-se a gala de entrega de prémios anual do concurso Great Taste Awards, evento com origem no Reino Unido (em 1994) e que tem sido "responsável pela descoberta de produtos alimentares de qualidade excecional e pela sua promoção junto de profissionais e consumidores".

Do programa do FNG fazem ainda parte dois seminários sobre a temática do vinho, o primeiro no dia 27 sobre "O Casamento entre a comida e o Vinho", com Paulo Amado, diretor da revista Inter, e Rodrigo Castelo, chefe do restaurante Taberna Ó Balcão, e o segundo no dia 02 de novembro, sobre "Marketing e Promoção de Vinhos", com representantes das quintas da Alorna e da Lagoalva e da CVR Tejo, ambos moderados por Francisco Armando Fernandes, consultor cultural do FNG.

O festival integra várias "Conversas sobre o Vinho", provas comentadas, formações para profissionais e a presença dos 11 municípios da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.