Perfil

Vida Extra

Tem 10 estrelas no Guia Michelin e um restaurante em Portugal. Berasategui é o “homem mais feliz do mundo”

Reconhecido na última noite, Martín Berasategui está a viver “mais do que um sonho”

Gwendal Poullennec, Director Mundial dos Guias Michelin com o Chef Martin Berasategui. Gala de entrega de estrelas Michelin, Pavilhão Carlos Lopes, Lisboa

Ana Brigida

O 'chef' Martín Berasategui viu esta segunda-feira as estrelas Michelin dos seus restaurantes aumentarem para dez e afirmou à agência Lusa estar a viver "mais do que um sonho", no mesmo mês da abertura do primeiro restaurante em Portugal.

"Tenho a sorte de ter umas equipas incríveis que me fazem grande e eu faço-os grandes ensinando-lhes o que mais me de dá gosto. São 44 anos de profissão, sem esconder nada. Isso faz-me o homem mais feliz do mundo, cumprir um sonho, aliás isto é mais do que um sonho", afirmou o 'chef' espanhol.

O 'chef' que falava à agência Lusa no final da gala de apresentação do Guia Michelin Espanha e Portugal de 2019, que decorre no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, revelou que o segredo para o sucesso é "nunca mudar".

"Sou o melhor cozinheiro que posso ser, a pessoa que nunca muda. Sou o mesmo que era quando andava pelas ruas na parte velha da cidade, quando era pequeno. Quando lido com os meus colegas, com um jardineiro ou um jornalista, coloco-me no seu lugar, seja aprendiz de cozinha, jardineiro ou jornalista", disse.

O conceituado 'chef' basco inaugurou este mês o seu primeiro espaço em Portugal, na Torre Vasco da Gama, no Parque das Nações, depois daquilo que considera ter sido uma "proposta irrecusável".

"Lisboa é um projeto de uns grandes amigos meus, que adoram a minha cozinha da casa mãe [o primeiro restaurante do 'chef'], no País Basco. Depois de me conhecerem tornámo-nos grandes amigos e trouxeram-me um projeto que ninguém podia negar: a torre mais alta de Portugal, com 360 graus de vista panorâmica, com uma vista incrível (...). Estás num país que é um dos templos da matéria-prima, tínhamos tudo para o fazer", afirmou.

Para Martín Berasategui o sucesso do espaço em Lisboa depende também da "dedicação" dos portugueses que integram a equipa. "Tenho portugueses a trabalhar comigo que são uma maravilha. São pessoas que dão tudo para ser bons cozinheiros, bons pasteleiros ou bons padeiros", destacou.

O chef de dez estrelas Michelin disse ainda que o novo restaurante "toca o seu lado mais sensível"."Sinto-me cada vez mais um português. Cada vez que venho tratam-me como nunca imaginei que fosse possível. Esta nova casa é incrível", confidenciou.

Veja abaixo as imagens da última noite:

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.

A carregar...