Perfil

Vida Extra

Jala Neti é o segredo para uma estação fria com menos problemas respiratórios

Na sua coluna sobre bem-estar, que ganha novas entradas às quartas-feiras, Cristina Diniz apresenta esta semana uma técnica pouco conhecida

O meu primeiro curso de yoga teve lugar há cerca de cinco anos e as expetativas eram grandes. Abria-se um mundo novo e uma janela de oportunidade. Um a um os colegas começaram a chegar, o professor, simples e brilhante, ocupou o seu lugar. Os aparatos eram poucos, contudo um deles ganhou pela curiosidade que despertou. Até um certo encanto tinha: lembrava algo entre uma lanterna de Aladino e um bule de chá. Não era nada disso.

Muito rapidamente soube que era um recipiente próprio para purificação e higienização das vias nasais e da mucosa nasal. Ainda hoje o guardo religiosamente e o uso semanalmente, pois acredito que esta é uma das técnicas de yoga ao alcance de todos e que também contribui para limpar para … melhor respirar.

E assim, na continuidade do artigo da passada semana sobre a importância de uma respiração completa, calma e consciente, achei que fazia sentido partilhar como usar o dito recipiente e consequentemente poder propiciar que o outono e o inverno possam ser vividos com menos problemas respiratórios. Esta técnica recebe o nome de Jala Neti, sendo que Jala significa água e Neti significa conduzir.

É uma das seis ações de purificação do yoga, descritas pela primeira vez num manual com cerca de 500 anos, o Hathayoga Pradipika: “… o jala neti consiste em se fazer circular água entre as narinas ou delas para a boca, usando-se um pequeno bule chamado lota. …. Os diferentes tipos de neti são ótimos contra males dos seios frontais e nasais, como sinusites, enxaquecas, rinites, corizas ou resfriados e ainda favorece a saúde das regiões cerebral, cervical e escapular.” *

Precisamos de muito pouco para o fazer: apenas água morna, sal marinho e o pequeno bule - Lota.

Consiste em ferver um litro de água mineral, acrescentar uma colher de sobremesa rasa de sal marinho, deixar arrefecer até ficar morno, mexer para que o sal se dissolva, vazar o líquido até meio do Lota e aplicar numa narina de cada vez. Pode fazer-se ao ar livre deixando que a água tombe depois para o chão, mas mais prático será fazer em casa, por exemplo junto à banheira.

Em termos práticos, o exercício faz-se inclinando o tronco até alcançarmos uma posição quase paralela ao chão, rodar a cabeça de lado, colocar o orifício do Lota numa das narinas (idealmente começar pela direita), abrir a boca para respirarmos e deixar correr a água que vai passar pelo nariz e sair pela outra narina. Antes de passarmos para a outra narina, é importante ter em conta que não devemos assoar o nariz, mas sim continuar inclinado para a frente, manter o olhar fixo na ponta do nariz e expirar com rapidez pelas narinas evitando assim poder entupir os ouvidos.

Enche-se novamente o Lota até meio com a água e fazemos o exercício com a outra narina, evidentemente inclinando a cabeça para o outro lado, possibilitando que a ponta do recipiente entre na narina e a água saía pela outra. Voltamos a fixar o olhar na ponta do nariz e a expirar fortemente por ambas as narinas.

Aconselha-se a fazer uma vez por semana, durante todo o ano e não apenas quando o Inverno se aproxima.

Os benefícios são eliminar o muco e impurezas patogénicas, drenando os seios nasais e assim contribuindo para prevenir maleitas diversas tais como sinusites, rinites, constipações, gripes, e alergias respiratórias como asma. Além disso melhora também o mecanismo de secreção e drenagem do ouvido, nariz e garganta.

Desejo que estas estações frias que agora vivenciamos sejam passadas de modo saudável, preferencialmente usando mais uma ótima técnica que o yoga disponibiliza: o já nosso familiar Jala Neti.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.

A carregar...