Perfil

Vida Extra

Retratos de Marilyn Monroe, Picasso, Martin Luther King e Robert Kennedy expostos no Porto

A exposição “Henri Cartier-Bresson: Retratos” mostra, a partir desta quinta-feira e até 12 de abril do próximo ano, 121 trabalhos do fotógrafo francês na Alfândega do Porto

© Fondation Henri Cartier-Bresson - Magnum Photos

Retratos de Marilyn Monroe, Pablo Picasso, Martin Luther King, Robert Kennedy, Coco Chanel ou Simone de Beauvoir são alguns dos 121 trabalhos do fotógrafo francês Henri Cartier-Bresson que podem ser vistos na Alfândega do Porto. A mostra, inaugurada esta quinta-feira e patente até 12 de abril, leva à Invicta algumas das mais icónicas imagens do fundador da Agência Magnum Photos.

A exposição, com curadoria de Aude Raimbault, aglomera 70 anos de trabalho de Cartier-Bresson, um dos fotógrafos mais importantes da segunda metade do século XX e um dos pais do fotojornalismo.

A mostra apresenta retratos de algumas das figuras mais marcantes da sociedade e também indivíduos anónimos, captados pela lente da inseparável Leica, onde em todos os rostos fica visível o olhar sensível do fotógrafo, pintor e também documentarista que, curiosamente, detestava ser fotografado.

© Fondation Henri Cartier-Bresson - Magnum Photos

“Os fotografados mantiveram com Henri Cartier-Bresson um encontro único, direto e pessoal”, enaltece Ana Cristina Baptista, diretora executiva da “Art For You”, empresa portuguesa que arquitetou e produziu esta exibição. “Conseguia capturar no espaço de um segundo a eternidade de uma expressão, o silêncio íntimo da alma, a força de um caráter”, acrescenta a responsável.