Perfil

Vida Extra

“Guerra dos Mundos”: Saiba como sobreviver a uma invasão alien

A “Guerra dos Mundos”, de H. G. Wells, ganha nova vida no pequeno ecrã, numa versão completamente diferente passada na atualidade. Uma série dramática que se estreia esta segunda-feira na FOX

“Guerra dos Mundos” segue um grupo de pessoas que sobrevive à quase extinção da raça humana

O ponto de partida é o mesmo, mas a chegada — ou neste caso uma verdadeira odisseia ainda no início — não podia divergir mais do que até agora se viu do original de H. G. Wells. O livro, publicado pela primeira vez em dezembro de 1897, já conheceu várias adaptações, mas o universo da “Guerra dos Mundos” ainda tem muito para explorar. A longa-metragem de 2005 assinada por Steven Spielberg e protagonizada por Tom Cruise foi um sucesso, rendendo 531 milhões em bilheteira, e é também um sucesso global o que se procura com a nova série da FOX.

“Esta nova interpretação do romance de culto homónimo de H. G. Wells foca-se nas subtilezas das relações humanas, quer seja entre pais e filhos, entre casais ou entre estranhos”, explica Howard Overman (também argumentista da série “Misfits”) sobre a sua mais recente criação.

O showrunner decidiu que a melhor opção seria criar uma história passada no tempo presente e situá-la em pleno território europeu, apostando no cruzamento de géneros. “O ataque extraterrestre e as suas repercussões mostram as falhas mais profundas das personagens num mundo novo e perigoso. Mas esta não é uma adaptação sem humor ou alguma leveza”, revela em comunicado o responsável por “Guerra dos Mundos”.

Em causa está a história de um grupo de astrónomos que deteta uma transmissão proveniente de outra galáxia, que se torna a prova definitiva da existência de vida extraterrestre inteligente, mas isto é apenas o início de algo para o qual a Humanidade não está minimamente preparada. Enquanto a população aguarda por novas transmissões, há algo invisível a surgir e os seus efeitos não se farão esperar.

Em poucos dias os humanos estão praticamente extintos da face terrestre, onde apenas sobrevivem alguns grupos de pessoas num mundo cada vez mais deserto. Os extraterrestres estão a ganhar uma vantagem cada vez maior e a população está a decrescer a um ritmo acelerado. À medida que os humanos são caçados e mortos, os sobreviventes começam a colocar questões essenciais à sua sobrevivência. Qual será a verdadeira identidade destes atacantes desconhecidos e porque estarão tão empenhados na nossa extinção?