Perfil

Vida Extra

Lendas à moda do Porto ganham vida virtual com Jeremy Irons e Pedro Abrunhosa

“Porto Legends - The Underground Experience” é um espetáculo audiovisual imersivo, pensado para levar o público a viajar por mais de dois mil anos de histórias, lendas e personagens da Invicta

D.R.

A cidade está repleta de História e alguém efabulou em toda a parte, no chão, no teto, nas colunas, nos arcos, em todo o lado essas lendas projetadas ao expoente da aventura. Assim pode ser apresentado o espetáculo audiovisual “Porto Legends — The Underground Experience”, pensado para levar o público numa viagem de 45 minutos, guiada pelas vozes de Pedro Abrunhosa e do britânico Jeremy Irons (Óscar de Melhor Ator em 1990).

A experiência imersiva, concebida pelo atelier OCUBO, percorre dois milénios de mistérios e desenterra, nas Furnas da Alfândega do Porto, uma dezena de episódios que marcam o imaginário e a identidade da Invicta.

A recriação virtual abre as portas ao público às 10h desta quinta-feira, mas a aventura começou há quase um ano. Era uma vez um menino que não gostava de História. “Sempre fui uma criança que detestava História na escola. Os meus pais deixavam-me tirar negativa a uma disciplina e era sempre História”, contou Nuno Maya, diretor artístico do “Porto Legends”, durante a apresentação do espetáculo à comunicação social.

“As pessoas sentem que podem circular dentro do filme”, descreve o responsável, através das imagens projetadas em 20 telas holográficas, das animações 3D e da música, aliadas à narração de Pedro Abrunhosa (na versão portuguesa) e de Jeremy Irons (na versão inglesa).

D.R.

“É um projeto que mistura a História com as lendas. Tem a parte irrefutável, que toda a gente sabe que aconteceu, e tem a parte de acrescentar sempre um conto à realidade, algo que todos nós gostamos e que desperta a criança que há dentro de cada um”, frisa Nuno Maya.

O público poderá assim ficar a conhecer, de uma forma mais sensorial, lendas incontornáveis da cidade, como o mistério do Tesouro da Serra do Pilar, a história do violento Cerco do Porto, a origem das famosas tripas e ainda reavivar personagens como Zé do Telhado, Pedro Cem ou o fantasma da estação de São Bento.

A narrativa — construída no limiar da realidade e da magia — contou com a colaboração de Joel Cleto, para quem “as lendas são património imaterial ameaçado”, como começou por dizer o historiador de 54 anos. “Neste nosso mundo moderno, dinâmico, onde toda a gente está ligada aos tablets e aos telemóveis, perdeu-se a tradição de os avós contarem histórias aos netos”, acrescentou o autor do livro “Lendas do Porto”.

D.R.

“Porto Legends — The Underground Experience” teve a participação de 70 atores, 120 figurantes e 30 artistas de vídeo. O espetáculo pode ser visto de terça a domingo, com nove sessões diárias entre as 10h e as 19h.

Parte da receita de bilheteira reverte para a compra de equipamentos para a nova Ala Pediátrica do Hospital de São João.