Perfil

Vida Extra

O Poirot de Agatha Christie está de volta, com Malkovich

John Malkovich entrega-se à personagem mais famosa de Agatha Christie. A partir de amanhã, e no papel de Hercule Poirot, vai investigar “Os Crimes do ABC” no FOX Crime

João Miguel Salvador

João Miguel Salvador

texto

Jornalista

Levar um livro para o pequeno ecrã é sempre um risco. Mas pode também ser uma mais-valia se estiver em causa um título ou um autor de prestígio. Só que quando está em causa “Os Crimes do ABC”, de Agatha Christie, as possibilidades de se falhar crescem exponencialmente, mesmo que os louros a colher em caso de sucesso sejam ainda maiores. Depois de diversas adaptações cinematográficas e televisivas — que sempre dividiram a crítica e os seguidores dos policiais da autora britânica —, chega a altura de mais um livro dela ganhar forma no pequeno ecrã. E este, por trazer como protagonista Hercule Poirot, tem todos os ingredientes para voltar a separar aqueles que apreciam uma boa reinterpretação do conteúdo original dos puristas (que preferem um decalque das passagens escritas).

É verdade que se trata de um dos maiores clássicos literários escritos por Agatha Christie, mas a nova visão de Hercule Poirot chega através de um nome que é considerado uma aposta segura. A ideia foi no sentido de minimizar os riscos sem pôr em causa a liberdade criativa, pelo que a adaptação conta assim com assinatura de Sarah Phelps, com uma vasta experiência na tarefa de transformar livros em séries. Responsável pelo argumento de “Oliver Twist” (Charles Dickens), “Uma Morte Súbita” (J.K. Rowling) ou “And Then There Were None” e “Ordeal by Innocence” (ambos de Agatha Christie), a argumentista fez quase uma revolução em “Os Crimes do ABC”.

Para ler o artigo na íntegra clique AQUI