Perfil

Vida Extra

Disney Pixar volta a apostar no detalhe visual em “Toy Story 4”. Estas imagens são a prova disso

Saga está os cinemas portugueses desde 21 de junho. Não resta muito tempo para ver o filme no grande ecrã

Pixar

Chegou pela primeira vez aos cinemas em 1995 e, mais de 20 anos depois, agora na quarta aventura, continua a conquistar fãs dos mais variados tipos. “Toy Story 4”, da Disney Pixar, chegou aos cinemas nacionais no passado 21 de junho e, por isso, quem quer uma experiência total — no grande ecrã — deve apressar-se. O impacto foi imediato: filme mais visto no fim de semana de estreia de um filme de animação, cerca de 70 mil espectadores e uma receita de bilheteira a rondar os 370 mil euros.

Apesar do hiato temporal entre o primeiro e o quarto, em tempos bem diferentes, o filme continua a cumprir altos padrões de sofisticação, animação e detalhe visual. “Toy Story 4” mantém também personagens que todos os apreciadores da saga conhecem, como Woody (na versão original, com voz de Tom Hanks), Buzz Lightyear (de Tim Allen) e Jessie (de Joan Cusack), aos quais se acrescentam novos brinquedos, como Duke Caboom (Keanu Reeves) ou Forky (Tony Hale). Começa exatamente no lugar em que o terceiro filme parou.

Os avanços tecnológicos, e das ferramentas de animação, permitiam transformar o visual dos filmes, mas os responsáveis optaram por se manter fiéis às imagens originais, reconstruindo os personagens, como têm feito até aqui. “Criámos este mundo. Não queremos estragá-lo”, disse Bob Pauley, um dos produtores.

O nível de detalhe é, também por isso, uma das marcas que mais impressiona quem assiste a este quarto passo da saga. Como se os bonecos fossem reais. Se não acredita, é ver alguns dos exemplos abaixo.

Pode ir acompanhando as novidades no Twitter da Pixar. E, se ainda não viu, conhecer o trailer:

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.