Perfil

Vida Extra

Feira do Livro de Braga 2019 tem como “tema central” a biografia

A biografia é o "tema central" da edição de 2019 da Feira do Livro de Braga, que contará com 13 editoras e 26 'stands', tendo como "momento alto" a entrega do Grande Prémio de Literatura dst a Lídia Jorge.

A biografia é o "tema central" da edição de 2019 da Feira do Livro de Braga, que contará com 13 editoras e 26 'stands', tendo como "momento alto" a entrega do Grande Prémio de Literatura dst a Lídia Jorge.

Apresentando hoje, o evento vai formar uma "Avenida Literária", ocupando as ruas Dr. Justino Cruz e Francisco Sanches e o Largo S. João do Souto. Terá início na sexta-feira e decorrer até dia 14 de julho.

Além da entrega do galardão a Lídia Jorge, haverá 30 apresentações de livros ou revistas, 12 tertúlias e conversas, atividades para o público infantojuvenil, sessões de cinema e exposições.

"É sobre a biografia, mas haverá uma panóplia de abordagens de diferentes dimensões -- com pessoas como Pacheco Pereira, Pedro Mexia, Viriato Soromenho Marques --, que vão andar à volta da questão da biografia, de histórias de vida, que podem ser de vida de pessoas, de factos, confrontar-se com livreiros, stands, alfarrabistas", explicou a vereadora da Câmara Municipal de Braga, Lídia Dias.

Segundo a responsável, a Feira do Livro vai formar uma "Avenida Literária", ocupar a rua para "colocar em espaço público a literatura e ir ao encontro das pessoas".

Lídia Dias salientou que o programa deste ano é "ainda mais rico e mais denso", sublinhando que o objetivo é que "qualquer pessoa possa deparar-se com estantes de livros".

A entrega do Grande Prémio de Literatura dst, que em 2019 comemora a 24.ª edição, vai ser um dos "momentos altos" do evento, e terá lugar logo sexta-feira, com uma gala no Theatro Circo, onde, além do concerto "Elas e o Jazz", com as cantoras Joana Machado, Marta Hugon e Mariana Norton, será entregue aquele galardão, pela mais recente obra da escritora, "Estuário".

A abertura da Feira do Livro deste ano vai ter outro "momento especial", com uma emissão em direto da Rádio Universitária do Minho (RUM), a partir do espaço da DST, que vai contar com a presença da ministra da Cultura, Graça Fonseca.