Perfil

Vida Extra

Festival de Cannes arranca esta noite com um filme de zombies a apontar para Donald Trump

“The Dead Don't Die” dá o mote para o festival que começa esta terça, 14 de maio

The Dead Don't Die (2019)

IMDb

O Festival de Cannes prepara-se para receber esta noite “The Dead Don't Die”, novo filme de zombies de Jim Jarmusch que, tanto quanto se sabe, pelo menos segundo a imprensa francesa que já o viu (estreia-se esta quarta, 15 de maio, em 600 salas), pouco tem dos walking dead de George Romero, preferindo apontar as baterias à política americana, ou seja, a Donald Trump.

No júri a que Iñarritu preside, Jarmusch tem dura concorrência: vários cineastas já premiados com a Palma de Ouro, alguns por duas vezes — os irmãos Dardenne e Ken Loach —, também Tarantino, Malick e Kéchiche, que a venceram por uma vez, e ainda outros cineastas, como o próprio Jarmusch, que já andaram lá perto. O caso mais evidente é o de Pedro Almodóvar e do seu novo “Dolor y Gloria”, que até já se estreou comercialmente em Espanha. Mas, além destes, há também Arnaud Desplechin, Elia Suleiman, Marco Bellocchio ou Xavier Dolan, todos eles cineastas que, numa ocasião ou noutra dos seus percursos, Cannes já distinguiu no palmarés — no papel, é uma edição que promete.

E onde a competição, além dos suspeitos do costume, já trouxe duas ou três surpresas.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.