Perfil

Vida Extra

A última batalha da “Guerra dos Tronos” foi um “alívio” para o elenco

“A Guerra dos Tronos” tem os dias contados e a última temporada estreia-se pela primeira vez em televisão e em streaming, no Syfy e na HBO Portugal. Em tempo de despedidas, o Expresso falou com o elenco

Emilia Clarke interpreta Daenerys Targaryen e Kit Harington é Jon Snow em “A Guerra dos Tronos”

HELEN SLOAN / HOME BOX OFFICE, INC.

O tempo é de despedidas. São as últimas entrevistas sobre o maior projeto em que estiveram envolvidos na última década. E são também as últimas emoções para aqueles que acompanham “A Guerra dos Tronos” desde o início — e recordam como a série que se tornou gigante não começou com um fulgor tão grande assim. Ou que quando leram os livros há mais de 20 anos não acreditaram que fosse possível fazer-lhe justiça no pequeno ecrã. A maior parte destes acabou por render-se à série que David Benioff e D. B. Weiss desenvolveram a partir dos livros de George R.R. Martin, ganhando permissão para ir até além destes (muito por culpa do autor, que foi adiando a escrita e lançamentos de outros volumes). Com o passar dos anos e o crescimento do sucesso, a responsabilidade também aumentou e isso é algo que todo o elenco destaca ao falar com o Expresso.

Ler os guiões da última temporada “foi um alívio”, confessa John Bradley, para quem era importante que o final estivesse em linha com o todo. “Estamos com esta história há tanto tempo que queria que o final correspondesse às expectativas. Não podemos esquecer-nos de que alguns programas bons têm finais que desiludem.” Não foi o caso. “As pessoas começaram a ler os livros nos anos 1990 e agora queríamos dar um desfecho à história.”

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.