Perfil

Vida Extra

À conversa com o fotógrafo pop David LaChapelle: “Tenho esperança que o bem prevaleça sobre a escuridão”

Foi durante anos o fotógrafo de eleição das estrelas da cultura pop. Nesta conversa intimista, fala dos seus dois livros mais recentes, do bullying que sofreu em miúdo, dos tempos do Studio 54 com Andy Warhol, da vida no Havai e da importância da fé no seu trabalho

SUKI DHANDA/GUARDIAN/EYEVINE

À hora marcada, três da tarde em Madrid, David LaChapelle ainda não se encontra na suíte do Hotel Westin Palace, onde decorre esta conversa. “Está só a acabar de comer qualquer coisa”, explica o seu assistente. Quinze minutos depois, a porta abre-se e ele entra, bronzeado como se tivesse chegado de férias de uma ilha tropical (vive no Havai). “Peço imensa desculpa”, diz numa voz macia e pausada. Não gosta de atrasar-se, não é uma diva, assegura. Se alguém percebe disso é ele. Durante mais de três décadas fotografou algumas das maiores estrelas da cultura pop para a capa de revistas como a “Interview”, a “Rolling Stone”ou a “Vanity Fair”: Tupac Shakur num campo de algodão; Michael Jackson nos braços de Jesus; Madonna como uma boneca partida; Britney Spears a afogar-se numa banheira; Kanye West como um Cristo com uma coroa de espinhos; e até personalidades do mundo da política, como Hillary Clinton. Uma vez teve de esperar seis horas para fotografar Whitney Houston para a capa do álbum “The Greatest Hits” — a cantora chegou à sessão sobre o efeito de cocaína.

Na véspera do nosso encontro, LaChapelle, nascido no Connecticut, Estados Unidos, há 56 anos, esteve num estúdio da capital espanhola a fotografar os 24 futebolistas do plantel do Real Madrid com o novo Audi e-tron, o primeiro carro elétrico do fabricante alemão que patrocina a ex-equipa de Cristiano Ronaldo. Agora, ele está nesta suíte para falar sobre a edição limitada dos seus dois mais recentes livros, “Lost & Found” (“Perdido e Achado”) e “The Good News” (“As Boas Notícias”), editados pela Taschen, antes de rumar a uma conhecida galeria da cidade para distribuir sorrisos e autógrafos.

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.