Perfil

Vida Extra

E se a Guerra Fria nunca tivesse terminado?

A primeira série polaca da Netflix apresenta um mundo em que a Guerra Fria nunca terminou. “1983” centra-se na Polónia e já está disponível em streaming

Krzysztof Wiktor/Netflix

Um país renascido após o terror, uma sociedade muito diferente da que se conhece e uma realidade que nem sequer se pensou possível. Como seria a vida se a Polónia nunca se tivesse libertado da União Soviética? Como seria o ano de 2003 se a Cortina de Ferro se mantivesse? É de uma realidade alternativa que se trata, é certo, mas nem por isso o exercício se torna menos interessante.

Em “1983”, o mundo continua mergulhado na Guerra Fria e os dois blocos mantêm-se. Na série, a Polónia vive sob um Estado Policial repressivo, que dividiu a população e opôs aqueles que seguem o regime aos que contra ele lutam. Opositores e dissidentes são controlados através de um sistema que junta a polícia política, as forças armadas e ainda outros órgãos de controlo ideológico e repressão política, mas 20 anos depois dos ataques algo pode estar prestes a mudar. Mergulhada numa calma aparente depois do caos inicial ditado pelos ataques terroristas de 1983, há uma nova voz (ou será antiga?) a querer ser ouvida na Polónia.

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.