Perfil

Vida Extra

“Coletes amarelos” adiam concerto de Mariza em Paris

Espetáculo estava marcado para este sábado

Getty Images

É um imprevisto na digressão que a cantora Mariza está a fazer pela Europa, na apresentação do mais recente, e homónimo, disco. Marcado para as 20h30, hora francesa, menos uma em Portugal, de sábado, 7 de dezembro, o concerto da portuguesa na mítica sala Pleyel foi adiado. No site da casa de espetáculos, onde os bilhetes estavam a ser vendidos a partir dos 40 euros, uma palavra: “annulé”.

As autoridades francesas estão preocupadas com as manifestações do movimento dos “coletes amarelos”, que não recuou na mesma medida que o governo de Macron. Os protestos iniciaram-se com a recusa do aumento de impostos sobre os combustíveis e rapidamente extravasaram para outras reivindicações, vindas de todas as áreas políticas. O executivo através do primeiro-ministro Édouard Philippe, voltou atrás na decisão de aumentar os impostos, mas os “coletes amarelos” não. Para sábado, está marcado um novo e grande protesto junto ao Arco do Triunfo.

A sala Pleyel, onde Mariza teria casa cheia, fica a apenas 600 metros do Arco e do centro da convulsão. Como tal, as autoridades, por razões de segurança, deram ordem de que se cancelassem todos os eventos nas zonas envolventes.

Mariza e a sua equipa de músicos atua esta noite a cerca de 400 quilómetros de Paris, em Clermond Ferrand, França, e estará em Lucerna, Suíça, no dia 13 de dezembro. Ainda não há nova data para o concerto de Paris, que dependerá sempre de como evoluir a revolta social em que a cidade se encontra agora.

A carregar...