Perfil

Vida Extra

Este quadro bateu todos os recordes e fez de David Hockney o artista vivo mais caro do mundo

Num leilão que começou com uma base de licitação de 18 milhões de euros, esta verdadeira obra-prima da arte contemporânea entrou definitivamente para os anais da história

Reprodução

O pintor britânico David Hockney tornou-se, aos 81 anos, o artista vivo mais caro. O recorde foi alcançado há poucos dias num leilão da Christie’s, em Nova Iorque, no qual o seu óleo “Portrait of an Artist (Pool With Two Figures)”, de 1972, alcançou um valor de 90,3 milhões de dólares (o que corresponde a 79 milhões de euros). Apesar de não ter sido revelada a identidade do comprador, que venceu um verdadeiro duelo de licitações via telefone que durou nove minutos, nem do anterior proprietário, meios como a Bloomberg e Artnet avançaram que a obra estava até aqui na posse de Joe Lewis, um empresário cuja companhia detém o clube de futebol Tottenham Hotspur.

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.

A carregar...