Perfil

Vida Extra

Este é o novo livro de Ricardo Araújo Pereira

O volume recolhe as crónicas ‘brasileiras’ de Ricardo Araújo Pereira, publicadas no jornal “Folha de S. Paulo”

Luís Barra

Logo na primeira frase da primeira crónica publicada no jornal “Folha de S. Paulo”, em abril de 2017, Ricardo Araújo Pereira deixou, no seu habitual registo irónico e autodepreciativo, uma espécie de aviso: “Eu não tenho nada para dizer ao público brasileiro, mas não vale a pena o público brasileiro começar a sentir-se especial porque a verdade é que eu não tenho nada para dizer a ninguém.” Mentira, claro. Não apenas RAP tem muitas coisas para dizer a toda a gente, como sabe dizê-las de uma forma única, só sua, algures entre a ligeireza grave e a gravidade ligeira.

Ao dirigir-se a leitores de outro país, com um contexto social, político e cultural necessariamente distinto daquele em que costuma mover-se, não cedeu à tentação de ‘abrasileirar’ a escrita, nem se afastou um milímetro dos seus temas, processos mentais e obsessões. Ainda bem. Abaixo do equador, o RAP surge-nos ligeiramente diferente, mais universal, menos português, mas com a mesma atenção a “isto de estar vivo” e a tudo o que nos torna humanos.

Para ler o artigo na íntegra clique AQUI.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.

A carregar...