Perfil

Vida Extra

Com Maria Teresa Horta, as “Estranhezas” são poesia. E deram um livro

“No Espelho”, “Paixão”, “Da Beleza”, “Alteridades”, “Tumulto”, “Ferocidades” e “À Beira do Abismo” são os sete capítulos em que "Estranhezas" se desdobra. É apresentado quinta-feira

Maria Teresa Horta

"Estranhezas" é o novo livro de poesia de Maria Teresa Horta, uma obra que se desdobra em sete capítulos diferentes, mas toda ela subordinada ao tema da "asa", e que será lançado na quinta-feira, em Lisboa.

Editado pela Dom Quixote, "Estranhezas" é um livro que, à semelhança dos outros livros não temáticos, se apresenta com uma unidade essencial, apesar de dividido por sete temas diferentes. "No Espelho", "Paixão", "Da Beleza", "Alteridades", "Tumulto", "Ferocidades" e "À Beira do Abismo" são os sete capítulos em que "Estranhezas" se desdobra, temas diferentes, mas que "não encobrem uma continuidade quase vital", conforme explica o prefácio da obra.

O "eu horteano" impõe-se claramente no primeiro, no segundo e no último capítulo, enquanto outros e outras dão alma aos poemas de "Alteridades", "Tumulto" e "Ferocidades", revelando-se em "magníficos desenhos traçados pela mesma mão que escreveu os primeiros", acrescenta.

Tudo isto sob o signo da asa, como bem afirma a capa do livro, que reproduz o quadro "Asa de uma rola", do pintor renascentista alemão Albrecht Dürer, e a contracapa, que encerra a obra com o poema "A Asa", uma "poderosa manifestação do talento de Maria Teresa Horta".

Escritora, jornalista, e conhecida como uma das mais destacadas feministas portuguesas, Maria Teresa Horta estreou-se na poesia em 1960. A sua obra poética foi coligida em "Poesia Reunida", editada também pela Dom Quixote, em 2009, que lhe valeu o Prémio Máxima Vida Literária.

Em 2012, a autora publicou "As Palavras do Corpo -- Antologia de Poesia Erótica" e, no ano seguinte, lançou "A Dama e o Unicórnio". Em 2016, foi a vez de "Anunciações", livro que lhe valeu o Prémio Autores SPA/Melhor Livro de Poesia em 2017, ano em que editou "Poesis".

É ainda autora dos romances "Ambas as Mãos Sobre o Corpo", "Ema" (Prémio Ficção Revista Mulheres) e "A Paixão Segundo Constança H.", e coautora, com Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa, de "Novas Cartas Portuguesas".Ao seu romance "As Luzes de Leonor, a Marquesa de Alorna, uma sedutora de anjos, poetas e heróis" (2011), foram atribuídos os prémios D. Dinis e Máxima de Literatura.


"Estranhezas", que chegou às livrarias em outubro, vai ser apresentado no dia 08 de novembro, quinta-feira, pelas 18:30, na livraria Leya da Buchholz, em Lisboa, por Margarida Vale de Gato e Ana Raquel Fernandes.

Siga Vida Extra no Facebook e no Instagram.

A carregar...