Perfil

Vida Extra

Os desenhos de Paula Rego e as outras exposições lá fora

A criação nacional também marca a agenda de exposições no exterior. Conheça as propostas artísticas que vão marcar a estação

Luke Walker

A rentrée de exposições não se faz apenas em território nacional — os destaques dos próximos meses podem ser conhecidos AQUI — e é também na programação estrangeira que se veem trabalhos de artistas nacionais. Se não, vejamos.

Na Gulbenkian de Paris, por exemplo, mostram-se, em outubro, trabalhos novos de Rui Chafes que dialogarão com obras do escultor referencial Alberto Giacometti; já em Londres, a Marlborough Fine Art apresenta esboços realizados por Paula Rego nos últimos 30 anos (desde 12 de setembro).

Instagram

Em Bilbau continua a apresentação de Joana Vasconcelos até novembro, mas se retardar a visita até 19 de outubro poderá ver ainda a retrospetiva do já referido Giacometti. Já em Madrid (fevereiro) inaugura, no Thyssen-Bornemisza, a exposição do polémico Balthus.

Outros destaques

Em Paris, o Centro Pompidou traça um panorama do Cubismo (17 de outubro) com obras de todos os seus protagonistas. É em Londres, na Tate Modern, que se verá uma retrospetiva da obra do dinamarquês Olafur Eliasson (11 de julho), enquanto em Nova Iorque o MOMA abriga a primeira grande retrospetiva de Bruce Nauman em 20 anos (21 de outubro).

  • Filme francês evoca caso de pedofilia
    10:54

    "Graças a Deus" evoca um caso de pedofilia que abalou a sociedade francesa, tendo como protagonista um sacerdote católico — com realização de François Ozon, é a principal estreia da semana. João Lopes comenta ainda o lançamento de "Coração Negro", de Rosa Coutinho Cabral; no DVD, surge em destaque a edição de um conjunto de curtas-metragens assinadas por Fernando Lopes.

  • "Só Chove e é Rápido" no Teatro do Bairro
    5:50

    No dia em que os agentes culturais decidiram sair à rua em protesto contra o modelo de apoios do Estado para a cultura estreia um espetáculo feito sem financiamento do Ministério da Cultura. Com texto, encenação e interpretação de Francisco Tavares, "Só Chove e é Rápido" pode ver-se no Teatro do Bairro, em Lisboa. Francisco Tavares foi o convidado do Cartaz.